Filial Paraná recebe representantes da CVB

30/01/2017 Por: Vik Correia Fotos: Sergio L. Reynaldo

Filial Parana recebe representantes da CVB (2) A Cruz Vermelha Brasileira – Paraná recebeu neste sábado (28) a importante visita de representantes do Órgão Nacional: Oscar Zuluaga – Gerente Nacional de Programas, e Anete Angélica Teixeira – Coordenadora Nacional do Voluntariado. Esta foi mais uma oportunidade para enfatizar a importância do trabalho desenvolvido pela instituição ao longo dos anos. Voluntários, colaboradores e gestores da Filial Paraná formaram no auditório uma plateia atenta, sedenta por assimilar conhecimentos que Zuluaga e Anete transmitiram com maestria.

De forma descontraída Zuluaga, que há 47 anos atua na Cruz Vermelha no Brasil e no exterior, enfatizou a importância do voluntariado nas ações da instituição e o empenho da Cruz Vermelha Brasileira no desenvolvimento de projetos voltados para as comunidades.

Filial Parana recebe representantes da CVB (3)Lembra o coordenador que a Cruz Vermelha não é propriedade de ninguém, “É independente. É um bem público, uma organização na qual as pessoas acreditam. Um símbolo de respeito e uma marca reconhecida, por isso precisa possuir regras para que toda a comunidade possa participar”.Deste pensamento veio a necessidade da padronização de cursos, com formatos e padrões de comportamentos que devem ser iguais em todas as filiais, de todas as sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, mantendo a Unidade e a Universalidade, que fazem parte dos princípios da Cruz Vermelha, diz o gerente nacional ao apresentar os novos manuais a serem disponibilizados para as filiais, entre os quais: Manual de Planejamento Estratégico, Manual de Fotografia, Manual de Segurança, Primeiros Socorros, Diretrizes Mundiais de Primeiros Socorros, Código de Ética, Formação de Formadores e Manuais de Epidemias.

“Voluntário é a alma da Cruz Vermelha”, afirma Anete Teixeira ao relatar sobre seu contato direto com o voluntariado das filiais. “A percepção das necessidades de capacitação, de segurança e de apoio para que os voluntários possam atuar nas ações, reforçando o modelo humanitário, princípio básico da instituição, nos fez pensar no desenvolvimento de uma Política Nacional do Voluntariado, a exemplo da Política Nacional da Comunicação e da Política Nacional da Juventude”.Filial Parana recebe representantes da CVB (1)

Após o encontro, Eliana Fortunato Reynaldo, coordenadora do voluntariado no Paraná, fez um “hospitour” apresentando aos visitantes a sede do Hospital da Cruz Vermelha e a nova sede, exclusiva do voluntariado, que a Filial Paraná disponibilizará em breve. Eliana explanou também sobre os muitos projetos e ações que a filial desenvolve, inclusive o mais recente, “Comunidade Saudável”, seguindo os moldes propostos pelo órgão nacional, que inicia nesta segunda (30), com um grupo de voluntários que atuará na comunidade, durante cinco encontros, para levar orientações e informações sobre as principais doenças, não transmissíveis, que colocam em risco a saúde e a vida das pessoas.

Leia mais sobre: , ,
Assine nossa newsletter

CURTA-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

  • XXI CONFERNCIA INTERAMERICANA DA CRUZ VERMELHA A delegao da Cruz
  • XXI CONFERNCIA INTERAMERICANA DA CRUZ VERMELHA Comea agora a reunio
  • CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FORTALECE SOCIEDADE NACIONAL DURANTE XXI CONFERENCIA INTERAMERICANA
  • Comea agora a reunio de juventude na Conferncia Interamericana da
close-link