Campanha da Cruz Vermelha Brasileira no Dia Mundial de Primeiros Socorros 2018: Você não precisa de licença para salvar vidas na estrada

09/09/2018 Internacionais Por: Cruz Vermelha Brasileira Fotos: Cruz Vermelha Brasileira

Rio de Janeiro, 09 de setembro de 2018 — No Dia Mundial de Primeiros Socorros, a Cruz Vermelha Brasileira busca incentivar cada vez mais pessoas a se capacitar em primeiros socorros e ajudar a reduzir o número de vítimas nas estradas do país.

Acidentes de trânsito matam cerca de 1,25 milhão de pessoas por ano. Só no Brasil, 47 mil pessoas morrem por ano nas estradas, o que coloca o país em quarto lugar no triste ranking do número de mortes no trânsito, segundo a Organização Mundial de Saúde.

O presidente nacional da Cruz Vermelha Brasileira, Júlio Cals, chamou atenção para a importância de mais brasileiros serem treinados em primeiros socorros.

“Somos todos usuários das vias, não importa se pedestres, motociclistas, motoristas ou passageiros. Dessa forma, temos que ter em mente que é impossível eliminar os riscos nas rodovias, no entanto, sempre há maneiras de aumentar as chances de sobrevivência após um acidente. Uma das maneiras é aprender primeiros socorros para que as pessoas possam dar uma resposta rápida e até salvar uma vida, em situações de emergência”, afirmou o presidente.

Além das mortes, que somam 3.500 por dia em todo o mundo, milhares de pessoas ficam feridas – mais de 500 mil no Brasil –, e frequentemente são afetadas por consequências com as quais terão de lidar por toda a vida. Com o objetivo de conscientizar a sociedade sobre essa questão, o tema escolhido para o Dia Mundial de Primeiros Socorros em 2018 é “Pronta Resposta a Acidentes Rodoviários”.

As sociedades nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho são referência no treinamento em primeiros socorros em praticamente todos os países do mundo. Presente em 21 estados, a Cruz Vermelha Brasileira oferece aulas e treinamentos em primeiros socorros, que ensinam as técnicas e ações necessárias para dar uma pronta reposta em caso de acidentes.

Os cursos estão abertos a todos e contribuem para preparar motoristas, passageiros e pedestres para agir rapidamente em caso de emergências em rodovias.

O presidente nacional da Cruz Vermelha Brasileira, Júlio Cals, reiterou que “mesmo uma única morte no trânsito já é uma tragédia. Nosso treinamento em primeiros socorros está aberto a todos, e queremos trabalhar com cada vez mais pessoas, grupos e comunidades para ajudar a tornar as estradas mais seguras para todos”.

Dia Mundial de PS (1)

Leia mais sobre:
Assine nossa newsletter

CURTA-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

  • DIA MUNDIAL DA ALIMENTAO O Dia Mundial da Alimentao
  • FELIZ DIA DOS PROFESSORES O conhecimento transmitido pelos professores vai
  • CRUZ VERMELHA BRASILEIRA ELEGE NOVOS CONSELHEIROS EM ASSEMBLEIA GERAL Conforme
  • PELO MUNDO  ALDEIAS ISOLADAS COM NEVE NA ITLIA Centenas