(Português do Brasil) Cruz Vermelha Brasileira capacita filiais para mais uma edição do Projeto “Juntos contra o Mosquito»

14/11/2019 Por: Rayanne Mello Fotos: Bernardo Araújo

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

SBP

Dando continuidade à luta contra o mosquito, a Cruz Vermelha Brasileira capacitou entre os dias 04 e 07 de novembro, coordenadores locais de Sergipe, São Paulo e Minas Gerais, para atuarem em mais uma edição do Projeto ”Juntos contra o Mosquito”, uma parceria da SBP com a Cruz Vermelha Brasileira que já beneficiou mais de 7 mil famílias em 7 estados do Brasil. A Capacitação foi realizada no Órgão Central da Cruz Vermelha Brasileira, no Rio de Janeiro, e capacitou os estados que terão comunidades impactadas na 3ª Edição do projeto nos próximos meses.

Na ocasião, os coordenadores receberam capacitação em Epidemiologia, Primeiros Socorros, Apoio Psicossocial e Comunicação Social, além de formação no Curso Básico de Formação Institucional da Cruz Vermelha, treinamento específico na metodologia do projeto, desenvolvida pela London School of Hygiene & Tropical Medicine e no uso de ferramentas utilizadas pela Federação Internacional da Cruz Vermelha para cadastro de grandes públicos.

Participante da 2ª Edição do projeto realizada no primeiro semestre de 2019, a Cruz Vermelha Brasileira filial de Minas Gerais, por meio de seu coordenador local, compartilhou com os presentes, a experiência de atuar em Brumadinho após a tragédia do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, ocorrido em janeiro, que levou a Cruz Vermelha Brasileira e a SBP a unirem forças diante da iminente vulnerabilidade epidemiológica da região e selecionarem o município de Brumadinho para receber o projeto.

Diante do sucesso alcançado com a parceria até aqui, a Cruz Vermelha Brasileira e a SBP seguem juntas e ainda mais motivadas na missão de erradicar vetores transmissores da dengue, zika, chikungunya e febre amarela e tornar hábito a adoção de métodos de prevenção dessas doenças em todo o país.

Suscribirse a nuestro boletín de noticias

CURTA-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

Username field is empty.

close-link