Cruz Vermelha Brasileira pede ajuda para vítimas das enchentes no Sul, Norte e Nordeste

07/06/2017 Por: Jorge Velloso

Doação

Voluntários da Cruz Vermelha Brasileira seguem no trabalho humanitário de ajuda aos desabrigados pelas enchentes que atingiram as regiões Sul, Norte e Nordeste. Uma semana após a ida da Equipe Nacional de Intervenção em apoio aos estados de Pernambuco e Alagoas, a instituição também quer assistir as vítimas em Santa Catarina e Amazonas. No estado da região Sul estão desalojadas mais de 28 mil pessoas, em 90 cidades. No Amazonas, 34 cidades já decretaram Situação de Emergência.

Para aumentar sua capacidade de resposta às necessidades, a Cruz Vermelha Brasileira solicitou à Federação Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho parte das reservas do Fundo de Resposta a Desastres e Emergências (DREF), de uso específico para urgências.

Segundo o balanço da Defesa Civil de Santa Catarina divulgado na manhã de hoje, 28,8 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas que caem no estado desde 26 de maio. São 21.395 desalojados e 2.367 deslocados para abrigos públicos. Ontem, o município de Otacílio Costa, na Serra, foi mais um a conduzir aos abrigos temporários, parte da população. Com isso, já são 11 cidades que adequaram ginásios e associações para receber desabrigados, nas regiões Oeste, Vale do Itajaí e Serra.

Lages e Rio do Sul foram as cidades mais atingidas. Em Rio do Sul, 18 dos 25 bairros foram alagados. Em Lages, o número de desabrigados chegou a 400. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, a chuva também provocou a interrupção, ainda sem previsão de retorno, das aulas da rede estadual em 38 cidades. Em outras oito cidades a interrupção foi parcial.

No Amazonas, a cheia dos rios voltou a inundar completamente a cidade de Anamã, uma das mais atingidas. As 34 cidades que decretaram Situação de Emergência representam mais da metade das 62 cidades do estado. O número de famílias afetadas superou os 62 mil.

No Nordeste, algumas das 30 mil pessoas desalojadas em Alagoas e Pernambuco conseguiram retornar para suas casas. Segundo dados da Defesa Civil dos dois estados, 31 municípios foram afetados pelas enchentes. Para atender às necessidades das vítimas no Sul, Norte e Nordeste, a Cruz Vermelha Brasileira abriu a seguinte conta:

Banco Bradesco – 237

AG: 1276

C/C: 15513-6

CNPJ: 33.651.803/0001-65

Assine nossa newsletter

CURTA-NOS NO FACEBOOK

SIGA-NOS NO INSTAGRAM

  • Em apoio ao Centro de Referncia Global de Primeiros Socorroshellip
  • Seja voluntrio! Acesse wwwcruzvermelhaorgbr e saiba como CruzVermelhaBrasileira
  • Federao Internacional ter sede no Brasil Leia mais em wwwcruzvermelhaorgbr
  • Juventude da Cruz Vermelha Brasileira lana novo logo Leia maishellip